domingo, 8 de junho de 2008

Notícia jornal O Jogo

Esta manhã acordei com a seguinte notícia no jornal O Jogo, à qual deixei o comentário que abaixo transcrevo:


Salgueiros iguala a final

NUNO FILIPE

Depois da vitória ontem conseguida, no segundo encontro (mal jogado) da final por 10-7 (3-3, 3-1, 2-1 e 2-2), o Salgueiros voltou à corrida pelo título, que hoje será decidido, pelas 15 horas, em Campanhã.

Mais uma vez, e a exemplo que tantas vezes tem feito de forma impune, o árbitro internacional José Barradas, nomeado para a final, avisou com quatro horas de antecedência a sua não deslocação ao Porto, o mesmo sucedendo com a oficial de mesa Paula Cruz.

#1 Caro Nuno Filipe e jornal o Jogo
Não sei de onde partiu a informação que o "Internacional" Barradas e a Oficial de Mesa só tinham avisado "impunemente" com 4 horas de antecedência, mas espero que a notícia seja corrigida e seja feito um desmentido, pois não só não é verdade como atentatório da minha pessoa e dignidade, bem como da do Sr. José Barradas.
No meu caso pessoal, posso informar que avisei a Federação na sexta-feira de manhã (na impossibilidade de ter resposta do vogal Conselho de Arbitragem aos meus telefonemas) e que a minha decisão se prendeu não só com o facto de não existirem comboios para ir (greve CP) mas igualmente com a falta de capacidade financeira para suportar os encargos inerentes a uma tal deslocação e, MAIS IMPORTANTE, à falta de respeito com que fui tratada pelo mesmo vogal do Conselho de Arbitragem, conforme informação prestada nesse mesmo dia ao Exmo. Sr. Presidente da Federação.
Como tal agradeço a correcção da notícia, que é atentatória da minha dignidade enquanto pessoa e "profissional" e que só demonstra mais uma vez a má-fé de quem dirige a arbitragem neste país.
Estou disponível para o caso de precisarem de elementos que comprovem as minhas declarações (gostava de ver quais os elementos que a pessoa que vos informou terá em seu poder) e a razão pela qual ao fim de mais de 15 anos ligada à arbitragem me decidi afastar pela evidente falta de respeito com que fui tratada.
Mais informo que o bilhete do Sr. José Barradas tinha sido adquirido por mim e que estava na estação às 7 da manhã à espera de comboio para poder ir (mas ele vos informará da situação).
Na expectativa da correcção e desmentido da notícia (que se não acontecer me obrigará a tomar as devidas medidas)

Paula Cruz

O objectivo deste blog não é, nem nunca foi, o sensacionalismo, atacar pessoas, tomar partidos em "guerras" que só servem para rebaixar a modalidade ou, como alguns pensam, a minha auto-promoção.
No entanto não podia deixar de publicar esta situação, pois é verdadeiramente um ataque pessoal.
Infelizmente esta notícia só demonstra a má-fé, falta de dignidade e profissionalismo de quem está à frente da arbitragem e/ou do pólo aquático (pois uma informação assim, falsa e difamatória, não vai parar ao jornal por acaso).

Pior que isso, no dia 6 já tinha sido enviada uma convocatória para as Associações a informar que o Barradas não iria estar presente (apesar de todos os esforços nesse sentido que ele fez), apesar de a referida convocatória incluir o meu nome e ter sido enviada depois de eu já ter informado que não estava disponível devido à EVIDENTE FALTA DE RESPEITO com que fui tratada pelo Sr. Vogal.
Neste momento, ao ler “isto” só lamento muito ter dado tanto de mim, inclusive ter tentado ajudar tais elementos, que visivelmente só contribuem para denegrir a modalidade.
Se até agora nunca ataquei ninguém pessoalmente e me limitei a analisar as situações que ocorrem e ocorreram, tentando trabalhar em prol da modalidade, não posso deixar passar impune um tal ataque à minha integridade e terei de tomar as medidas legais que se exigem neste caso.

Fica só o esclarecimento, pelo respeito que me merecem os atletas, clubes e a modalidade e pelos anos de investimento nela feitos. Tenho vergonha!!!

Ou melhor - TENHAM VERGONHA NA CARA!!!

10 comentários:

Anónimo disse...

Acho que não te deves preocupar ou pensar mais nisso.
Quem te conhece sabe perfeitamente a pessoa que és, o que vales e mereces e nunca irá em sensacionalismos destes.
Quem te tentou denegrir, seja por associação ao árbitro, seja por outros motivos, também não estará cá por muito tempo, se houver justiça e inteligência nas pessoas que comandam.
Da minha parte conta com o meu apoio e solidariedade e podes ter a certeza que te chamarei sempre que precisar de ajuda ou tiver duvidas.

Anónimo disse...

Há muito tempo que este elenco federativo deixou de ter vergonha na cara,
Não basta o autoritarismo, a perseguição, agora atacam directamente quem só queria trabalhar pela modalidade.
Cada vez mais árbitros desistem e se sentem desmotivados e estas afirmações sem fundamento só ajudam a essa desmotivação.
Só espero que alguém tenha vergonha na cara como dizes e tome as devidas medidas contra estes senhores!

Croc Dundee disse...

Também li essa noticia, e muito me espantou.Mais por ti, claro.
Esse senhor do Jogo, não passa de um pau mandado nos senhores do Norte, o que alías sempre foi assim, ao longo destes anos todos.
é mentiroso, e raramente sabe do que fala. Espero que tenha vergonha na cara e saiba ser um Homenzinho.
Quanto ao resto, não sei que dizer, pois é tudo muito estranho...
PS - A greve da CP há muito que estava anunnciada. Sempre há autocarros!

Anónimo disse...

Caríssimos

Na realidade a greve da CP, estava anunciada, só que nada me obriga a andar de autocarro, e tive oportunidade de o comunicar com a devida e necessária antecedência, assim que não consegui adquirir o titulo de transporte de Lisboa para o Porto, uma vez que já tinha em meu poder o bilhete do Porto para Lisboa.
Contudo e sabendo do transtorno que isso causada em termos organizativos, avisei o vogal Luís Santos que iria fazer tudo o que estivesse ao meu alcance para arbitrar no sábado. Para isso desloquei-me á estação do oriente para tentar adquirir, bilhete ou de comboio ou de autocarro. Todas as hipóteses estavam esgotadas, acrescendo o facto de ser o ultima dia do Rock in rio o que veio complicar a situação.
Para além disso havia sempre a hipótese da federação, uma vez que fez deslocar duas pessoas do seu departamento técnico, poder incluir as pessoas de Lisboa na própria viatura da federação, uma vez que o transporte Porto/Lisboa eu já tinha garantido.
Para além de mais por razões profissionais teria que estar em Lisboa no sábado à noite.
O meu desagrado é as pessoas responsáveis pela federação transmitirem, e deliberadamente mentirem, sobre a minha falta ao jogo.
Estou de consciência tranquila daquilo que até agora já dei à modalidade e nunca, mesmo com o actual elenco federativo, deixei de ser responsável.
Contudo é de lamentar que, e de acordo com o Jornal O Jogo, se produzam afirmações que são, falsas e que foram dadas pelos elementos da federação.
José Barradas

Arbitragemwppt disse...

Olá Croc
Quanto a greve da CP... a verdade é que ando desligada dessas coisas e como os bilhetes estavam à venda e não estava nada anunciado no site CP... comprei os bilhetes para o Barradas, que sempre teve intenção de ir (mais grave, enquanto ele tentava arranjar uma solução já tinha sido enviada uma convocatória sem o nome dele).
E só não tinha comprado para mim porque estava a tentar arranjar solução para mim e para o árbitro de Torres que foi convocado na 5ª para os infantis. Assim iríamos os dois e partilhava-se aquela despesa, pois como já disse repetidamente, para sermos reembolsados... espero sentada.
Mas efectivamente na minha procura de solução fui insultada. E posteriormente ofendida e difamada por elementos da Federação que não assumem as coisas nem assumem as falhas!
Mas tudo bem. Não vivo da arbitragem (antes pelo contrário) e não vou sequer dar mais importância ao assunto.
Quem me conhece sabe como sou, quem não quer saber... também não me vai fazer perder o sono.
Quanto a quem insulta árbitros e oficiais que só deram o máximo de si para tapar buracos e tentar arranjar soluções, e a quem os denigre publicamente... nem merecem o trabalho!

Anónimo disse...

Caro MRV.
Espero que tenhas sido esclarecido, na tua duvida.

JB

Croc Dundee disse...

Paula, continuo a achar que esse senhor jornalista te deve um pedido de desculpas.
Não só ele, mas também quem da FPN te faltou ao respeito e neste caso pelos vistos a vocês os dois.

Respondendo ao JB, nunca tive dúvidas, mas também acho que já chega de tanto síndroma de Calimero.
E mais,se V.Exa deseja um pedido de desculpas por parte dos dirigentes federativos, não se esqueça igualmente de colmatar as suas falhas com o mesmo pedido de desculpas. Afinal já passaram quase 2 anos...
Tanta arrogância, não sei para quê!
Esta conversa também já chateia!!!

Anónimo disse...

Caro MRV
Estás enganado, o meu passado na modalidade fala por si, contudo, como reconheço os meus erros e defeitos, assumo que quando passei pela federação nem tudo foi feito, e de forma a agradar a todos, mas uma coisa é verdade nunca ninguém foi punido e afastado, por manifestar a sua opinião e isso meu caro contra factos não há argumentos.
Não existe da minha parte qualquer sentimento, conforme dizes “calimero”, porque quando não estiver bem abandono, mesmo que para isso passe apenas a árbitro regional, pois estou ligado à modalidade pelo gosto e satisfação. Contudo caríssimo esta não é nem nunca foi a minha forma de estar no desporto, o facto de tu não concordares com a minha opinião, não significa que no próximo jogo, esteja atento à tua actuação e te mova acérrima perseguição, não é assim que funciono, nem nunca funcionei.
Relativamente ao pedido de desculpas se a alguém é devido, deve ser á minha pessoa e não o contrário, pelo afastamento de uma carreira internacional de 23 anos, sem qualquer justificação ou processo de intenções. Porque caro MRV, pessoalmente não tenho de pedir desculpas de nada, pois não cometi qualquer tipo de infracção, e se assim fosse não teria qualquer dúvida em o fazer, ao contrário de alguns sou humilde.
A inteligência intelectual não é só de alguns, existem outros que também dela são detentores.
Se na realidade te sentes incomodado com a conversa lamento, mas enquanto a verdade não for reposta continuarei, com elevado sentido de responsabilidade e educação a pugnar por justiça.
Se te sentes incomodado com tanta conversa, só tens uma coisa a fazer, não te prenuncieis, eu fico de um lado e tu no outro, como deve ser normal em duas pessoas inteligentes e civilizadas, pois nunca te ataquei nem me dirigi à tua pessoa, criticando as tuas posições pessoais e escolhas.
Compreendo que te sintas incomodado, pois fazes parte do elenco, é compreensível que venhas a terreiro defender os teus pares.
Contudo, verdade deve ser reposta, não se pode atacar impunemente as pessoas, na praça publica, com falsas alegações, denegrindo a sua imagem e dignidade pessoal, isso sim é arrogância, para mais quando o responsável da arbitragem nacional tinha sido posto ao corrente da situação, com a devida e necessária antecedência e com o qual estive em permanente contacto telefónico. E assim termino, dando por encerrado, assim espero o assunto.
Saudações
JB

Croc dundee disse...

Caro JB,

lamento que os meus comentários, não estejam a ser entendidos.
Não estou a defender nenhum elenco federativo, aliás porque não sou detentor nem dos dados concretos e não passo de um suplente na dita lista.
Se bem leste as minhas palavras, tal como digo que devem um pedido de desculpas à PC, também o deverão fazer a ti e neste caso estou-me a referir ao pseudo Jornalista.
Quando digo que também tu deves um pedido de desculpas, não me estou a referir à FPN, mas a outra situação ocorrida há cerca de ano e meio, o que nunca foi feito.
Mas enfim, fico-me por aqui e não volto a tocar no assunto.
Bem aja!

Anónimo disse...

MRV
O principal problema está na pessoa, que deu a informção ao jornalista.
Quanto ás desculpas que eu "devo", possa até assumir mas, carissimo a responsabilidade da nomeação dos árbitros não é nem foi da minha responsabilidade, e não estou de modo algum a sacudir a água do capote. E se for caso disso não tenho quaqlquer duvida em dar a cara e enviar pedido de desculpas, que inclusivemente, efectuei não oficialmente, porque volta a frisar, não éra da minha responsabilidade, ao teu treinador e lamentar o sucedido.
JB