segunda-feira, 16 de junho de 2008

Resultados da Sondagem sobre Direcção de Pólo Aquático e Conselho de Arbitragem

Na sondagem que obteve a maior participação (mais de 90 votos... quase 100) e os resultados mais renhidos de sempre, a pergunta que se colocava era "A actual direcção de Pólo Aquático e o Vogal do Conselho de Arbitragem contribuíram para a evolução da modalidade durante este mandato?".


Para esta questão, os resultados que demonstram a vossa opinião, foram:
  1. Em 1º lugar, destacados do "pelotão" com 37% dos votos, estão os que consideram que "Não fizeram nada nem pela disciplina nem pela arbitragem".
  2. Num 2º lugar disputado ao milímetro, com 18% dos votos, estão todos aqueles que responderam "Raramente".
  3. O 3º lugar, com 17% dos votos, ficou para os que escolheram como resposta "Talvez ao principio, mas não nos últimos 2/3 anos".
  4. No 4º lugar, também muito disputado e com 15% dos votos, estão aqueles que consideram que "Sim, mas só em termos de arbitragem".
  5. Em 5º lugar, com 12% dos votos", estão aqueles que consideraram que "Sim, sempre".
  6. Em 6º e último lugar, com 1% de votos, está que considerou que "Nem sempre".
Ninguém votou em "Sim, mas só em termos da disciplina" ou em "Muitas Vezes".

Mais uma vez, agradeço a vossa colaboração, participação, sugestão de sondagem e... aguardem as próximas (as vossas propostas serão sempre valorizadas).

2 comentários:

Anónimo disse...

acho que se nota a grande insatisfação com a actual direcção e representante no Conselho de Arbitragem.
esta votação representa a asneira de quem lá os colocou e espero que sirva para aprenderem e mudarem a tempo de salvar alguma coisa.
se repararem os valores indicam uma clara maioria de insatisfeitos. Contando que os votos positivos são dos amigos e conhecidos, está na hora de mudar!

Anónimo disse...

Apesar de ser fácil criticar, apontar o dedo a quem lá está e esteve antes, a verdade é que o que se pode ver é que o representante do Pólo Aquático não fez mais do que defender os seus interesses pessoais e o Luís foi ficando cada vez mais sozinho e foi afastando cada vez mais os árbitros.
Mas deve-se perceber que quem quer que esteja na federação será sempre alvo de criticas, invejas e apontar de dedos, seja por quem lá esteve, por quem lá queria estar ou por quem não pode estar.
Para que as coisas mudem e se diminua a insatisfação, que não é com a federação mas com este elenco do pólo, é preciso uma limpeza geral.
é preciso criar ordem, organizar a casa e começar de novo, nova equipa, nova estrutura.
Pode ser que assim a insatisfação acabe, pois há muitos anos que não se via tanta gente insatisfeita. Sempre houve insatisfeitos, mas verificar que quase 90% dos clubes ou atletas, arbitros, dirigentes, etc estão insatisfeitos é uma novidade.