quarta-feira, 26 de março de 2008

Acção de formação/esclarecimento em Lousada

Decorreu ontem, dia 25, no Auditório de Lousada, a primeira acção de formação/esclarecimento para pais, jogadores e público em geral, sobre Regras, História das regras e do jogo, Critérios, Arbitragem e Pólo Aquático.

Esta acção, que foi pedida pelo clube de Lousada, teve a participação de mais de 70 pessoas, incluindo a presença do Presidente do Clube, do presidente da ANNP e de uma representante do departamento de pólo aquático da FPN, tendo sido levada a cabo pelo árbitro internacional e membro do Conselho de Arbitragem Luís Santos.

Uma iniciativa inédita e de louvar, que visava exactamente promover o contacto entre a Arbitragem e todos os interessados sobre Pólo Aquático e esclarecer as dúvidas sobre a modalidade e a arbitragem, através de um diálogo saudável, criando nos participantes uma melhor compreensão das regras e critérios em vigor.

Com grande participação dos intervenientes, durou mais de 2h e ajudou a esclarecer muitos daqueles aspectos que as pessoas, na emoção do jogo, muitas vezes não compreendem.

Esta acção pode ser solicitada directamente junto da Federação, por qualquer clube interessado .
Não tendo duração limitada, podem contar com um mínimo de 2h, para que se possa fazer a apresentação de toda a parte histórica e de regras e critérios e se possam debater livremente todas as questões e dúvidas dos que estão, de alguma forma, ligados à modalidade.
Basta que tenham um espaço amplo para os participantes e orador (daí o Lousada ter optado pelo auditório da cidade em vez de a fazer no clube, tal era o número de interessados)

A próxima esta agendada para Guimarães.

Aproveitem! É uma excelente iniciativa e aproxima os pais, atletas e público da realidade deste desporto.
Mais novidades sobre estas acções de formação muito em breve...

3 comentários:

Apito na água disse...

Uma acção que merece todo o meu apoio. Apresento aqui publicamente os meus parabêns ao clube organizador e ao prelector da acção. Estamos no bom caminho.
José Barradas

Croc Dundee disse...

Aprovada!

Anónimo disse...

è só pena que desde que tomaram posse, não realizaram reuniões com os árbitros da modalidade.....criando um enorme vazio e distanciamento entre estes.
Mas a atitude é de louvar.