quarta-feira, 12 de março de 2008

Regras e Regulamentos

Uma vez que estamos a debater o estado actual da arbitragem, que se discute a falta de critérios uniformes e muitas vezes se comenta mesmo a má ou incorrecta aplicação das regras e regulamentos... pensei dar uma ajuda e coloquei-vos na barra lateral um link para as regras e regulamentos de Pólo Aquático.

Vão encontrar as regras e regulamentos gerais da FPN, o Anexo com o regulamento específico para a disciplina de Pólo Aquático mas, mais importante, vão encontrar os regulamentos da FINA (que são aqueles que regem a arbitragem a nível mundial).

Sugiro que leiam ATENTAMENTE os regulamentos e, mais importante, os anexos A, B e C (para os que tiverem dificuldades em inglês, entrem em contacto comigo que terei o maior prazer em vos procurar uma versão portuguesa para enviar - e posteriormente colocar no site).

Aproveitem para colocar as vossas dúvidas em relação à aplicação das regras - assim poderemos fazer um debate e, com a ajuda dos especialistas, chegar a uma conclusão que acabe com as dúvidas de todos.

Desta forma não há desculpas para que Clubes, Treinadores, Atletas e... Árbitros aleguem o desconhecimento das regras ou da sua aplicação.

Quanto a critérios, infelizmente, é algo que depende do Conselho de Arbitragem e que deverá ser comunicado e debatido, não só em reunião nacional de árbitros e oficiais, mas igalmente com a participação dos clubes (desta forma a informação é clara para todos os intervenientes no nosso desporto).
Ficaremos a aguardar o que terão para nos propor.

1 comentários:

Anónimo disse...

Na regra WP 21.8 diz:

[Note. The correct application of this Rule is very important both as to the presentation of the game and in arriving at a proper and fair result. The wording of the Rule is clear and explicit and can only be interpreted in one way: to hold (figure 16), sink (figure 17) or pull back (figure 18) an opponent who is not holding the ball is an exclusion foul. It is essential that referees apply this Rule correctly, without personal arbitrary interpretation, to ensure that the proper limits to rough play are not exceeded.

Portanto a regra é:
1- "...clara e explicita..."
2- "...só pode ser interpretada de uma forma..."
3- "...sem interpretações arbritárias pessoais..."

Mas como sabemos não é isso que acontece na maioria dos jogos. A maioria dos arbritos apita segundo as sua convicções, muitas das vezes de acordo com o que supõe que está a acontecer (embora não veja)e segundo a sua interpretação da regra.

E como a regra diz é mt importante a correcta aplicação da regra para o normal desenrolar do jogo e justiça do resultado. Não é isso que acontece a maioria das vezes.

Que tal uma uniformização de critérios?
Todos numa sala a observar e a discutir 1 ou 2 jogos internacionais chega para se perceber qual é o critério...