segunda-feira, 28 de abril de 2008

Convocar árbitros - Questão

Relançando um pouco esta questão... gostava de pedir a opinião sobre este tema - convocar árbitros.

Hoje em dia penso que todos estão ao corrente das dificuldades que existem em convocar os árbitros.
Todos sabemos das dificuldades que sempre existiram e que, por uma razão ou por outra, se agravaram nestes últimos tempos.

  • Nas anteriores direcções da F.P.N. a critica que se ouvia "à boca cheia" é que as convocatórias eram para a família e amigos.
  • Nesta direcção o processo é idêntico - são sempre os mesmos a apitar (logo que conclua o ficheiro com os resultados será mais fácil visualizar).
Mas a verdade é que... será que não é um processo do subconsciente de quem convoca?

Se pensarmos que quem faz as convocatórias também é árbitro ou oficial, que não trabalha só para isso e que terá a sua vida pessoal e profissional... não será normal que essa pessoa dê preferência a quem lhe está mais próximo (seja em termos afectivos seja em termos geográficos)?
Que pense em tapar os "buracos" sem se lembrar que há mais árbitros?

  • Mas até que ponto é que isso será um processo "justo" para os outros árbitros a nível nacional?
  • Até que ponto é que usando este esquema mental (mesmo que inconsciente) se está a trabalhar para uma arbitragem NACIONAL e de qualidade?
A minha dúvida sobre este assunto é:

Será que não é mais vantajoso ter uma pessoa a trabalhar na arbitragem, que não seja um árbitro no activo e que não tenha laços familiares com outros árbitros?
Uma pessoa que possa pensar em termos globais (Nacionais) não beneficiando ninguém por estar mais próximo ou afastado de alguém?

Logicamente que deverá ser uma pessoa com conhecimentos de arbitragem, de regras, de critérios, etc. (mesmo um ex-árbitro ou treinador)... mas que possa ver o quadro de uma forma geral e trabalhar com todos os árbitros e no melhor interesse da modalidade...

Fica a questão para poderem partilhar a vossa opinião, ponto de vista.

4 comentários:

Anónimo disse...

entao e porque nao por sorteio?
pode haver restricoes para que por exemplo um arbitro de braga nao tenha que se deslcoar ao algarve 3 fins d semana seguidos, por exmplo, mas sorteio (JUSTO, obviamente) penso que opderia ser uma solucao

Anónimo disse...

Sim senhora...acho que esta aqui a nascer um emprego a medida da autora do blogue, pelo menos o desejo ja esta expresso.

Arbitragemwppt disse...

Olá anónimo
Lamento desiludir-te mas estás enganado.
1º porque se quisesse emprego não precisava de criar um blog ou de o fazer indirectamente
2º porque apesar de não ser convocada para apitar, sou um árbitro no activo ;-)
Portanto se achas que é esse o meu desejo... lê melhor os textos... eu "trabalho" por amor ao desporto e não para me promover.
E se coloco uma questão... é para saber a opinião de todos, não para lançar "escadas"... que não faz parte, nem nunca fez, do meu feitio.
Se é a tua opinião... respeito (desde que seja claro que não é a minha):-)

Anónimo disse...

Emprego?
Todos os lugares já estão tomadas na federação.
E Está provado que nada fazem ou têm feito, nunca se registou tamanho caos organizativo.
parece que este anónimo está preocupado com a concorrência de pessoas válidas e com ideias claras, coisa que tem faltado à modalidade dirigida por este incompetentes que só se querem auto promover?
Ou será que a hierarquia já manda os seus lacaios ler os blogs?
Está muito engraçado, quando se começa a mexer com os poderes instituidos, ou pseudo-instituidos as pessoas começam a ficar incomodados.